artigo2
CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Aluna: Carla Albieri

Segundo a Classificação Estatística Internacional de Doenças (Cid-10) , o tabagismo faz parte do grupo os transtornos mentais e comportamentais , devido ao uso de substância Psicoativa , a nicotina. O hábito de fazer uso da droga, causa dependência física, psicológica e comportamental, semelhante ao que ocorre com o uso do álcool, da cocaina e da heroina. Ao ser inalada a nicotina se liga aos receptores nicotinicos, que uma vez ativados liberam dopamina ( neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e satisfação), produzindo alterações no sistema nervoso central, modificando o estado emocional e comportamental do usuário.

Sintomas do Tabagismo

Os critérios diagnosticos para dependência química do (DSM IV) se aplica também ao tabagismo. São eles:
* Esforço para manter o uso diário da droga.
* tolerância, caracterizada por acentuada redução do efeito desejado , devido ao uso contínuo, o que leva à uma necessidade de quantidades progressivamente maiores da substância para atingir o efeito desejado.
* Abstinência: Com a interrupção ou redução do consumo de nicotina podem surgir sintomas tais como: Irritabilidade, depressão, agitação, insônia, ansiedade, falta de concentração, e alteração do humor entre outros.
* A existência de um desejo persistente ou esforço mal sucedido em reduzir ou controlar o uso da substância.
* A utilização continuada, apesar de possuir problemas físicos persistentes e ou recorrentes , causados ou exacerbados pelo uso contínuo da droga.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn