O juiz Sergio Moro, o presidente Temer, o jornalista William Waack e o psiquiatra Jorge Jaber estão entre as 98 personalidades agraciadas este ano com o grau de comendador das Forças Armadas, hoje de manhã em Brasília, em comemoração ao Dia do Exército.

A homenagem existe desde 1934 e é conferida a militares e a cidadãos que tenham prestado serviços relevantes ao Exército.

No caso do médico Jorge Jaber, ele realizou uma vídeo-aula sobre Dependência Química para exibição em todos os colégios militares do Brasil, e participou do Programa de Prevenção ao Suicídio das Forças Armadas, ressaltando a importância do projeto Valorização da Vida. “Caiu muito o número de suicídios no Exército desde que instalaram métodos de detecção de perfis prováveis em todas as escoas militares de oficiais, sargentos, AMAN e IME”, constata o médico. Os civis condecorados passam a gozar de honras militares.

Dr. Jorge foi tenente médico paraquedista do Exército e ganhou a comenda como oficial.

Também receberam a condecoração o ministro da Defesa Raul Jungmann, ministros do Superior Tribunal Militar (STM) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e parlamentares.

Quem entregou a medalha pra ele foi o diretor de saúde do exército, General Tulio Fonseca Chebli, na foto, segurando o braço dele.