fotos e texto: Cadu Freitas

A 25ª edição do Congresso Brasileiro da ABEAD – Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas aconteceu entre os dias 12 e 14 de setembro. A temática desse ano foi Abordagem para Adições no Século 21: Tradição, Reinvenção e Inovação. E neste sábado, último dia do evento, um dos conferencistas convidados foi o médico psiquiatra Dr. Jorge Jaber. Recentemente, ele esteve em ações voluntárias na Amazônia, com o Exército, para alertar sobe o uso de drogas e suicídio.

O tema escolhido por ele “Transtorno do uso de substâncias e Suicídio”, tem ligação direta com o Setembro Amarelo, mês de prevenção do suicídio, segunda maior causa de mortes entre jovens de 15 a 29 anos, de acordo com a OMS.

O Auditório Copacabana, do Rio Othon Palace, ficou lotado por profissionais da área da saúde mental, professores, alunos do Curso de Extensão em Dependência Química da Clínica Jorge Jaber, em parceria com a UNIGAMA e um grupo de militares do Exército.

Durante a palestra, foram destacadas as substâncias que ajudam no tratamento e equilíbrio de pacientes e, também, foi apresentada a ideia da pesquisa sobre uso excessivo de drogas e suicídio que está em andamento nas áreas mais sensíveis da Amazônia, realizadas pelo próprio Dr. Jaber.

Maj Carvalho Lima, Capelão Pastor do CML Sabrina Presman, presidente do Congresso da ABEAD Ten Rodrigo, Capelão da 1 Divisão do Exército Dr. Jorge Jaber, diretor da Clínica Jorge Jaber, e Bruno Benício e Alan Moravia, psicólogos