fonte: TV Brasil

Não são pouco os casos de atletas envolvidos com álcool e outras drogas. Um grande ídolo enfrenta desafios, mas tem vantagens pela situação que ocupa. Para explicar esses dilemas, o Bate Bola recebe o psiquiatra Jorge Jaber. Nesse primeiro episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, ele fala da dificuldade que um ídolo enfrenta, sem um acompanhamento psicológico. Segundo ele, um grande expoente do esporte precisa desse apoio até mesmo para entender os limites que têm e que precisa ter. Para Jorge Jaber, o ser humano precisa ter o sentimento de medo para viver, pois ele o protege de diversas situações – desde os tempos da Idade da Pedra. Segundo o psiquiatra, na maioria das vezes ele é procurado por atletas em razão do consumo de álcool e outras drogas. Ele explica que é comum o jovem em geral experimentar as sensações que ambas produzem, mas que alguns não se controlam e acabam se tornando dependentes químicos. E essa doença não tem cura, apenas controle. Jaber fala dos desafios de tratar um ídolo e conta já ter sido presenteado por um deles.

CONFIRA